O “Ganda” recolheu náufragos do “British Grenadier”

fotografia do navio Ganda

O "Ganda"
(Foto: Revista "25 anos ao Serviço da Nação - Companhia Colonial de Navegação")

Ganda
(Portugal)

Capitão: Manuel Paião
Tipo: Vapor de Longo Curso
Tonelagem: 4332
Proprietário: Companhia Colonial de Navegação

Porto: Luanda (Angola)
Construção: Alemanha, 1907
Acontecimento: Salvou 25 náufragos do mercante britânico "British Grenadier".

Não foi possível confirmar o dia em que o “Ganda” terá encontrado os 23 sobreviventes do “British Grenadier”. Poderá ter sido a 23 ou 24 de Maio de 1941, mas é certo é que no dia 24 o navio português entrou no porto de Freetown, Serra Leoa, com os náufragos a bordo.

Ao mesmo local terão também chegado os restantes 26 tripulantes, levados pelo navio tanque espanhol “José Calvo Sotelo”.

A informação sobre este salvamento, apesar da existência de fontes várias, não é muito detalhado não sendo possível, por agora, acrescentar mais detalhes.

 

O afundamento do “British Grenadier”

O “British Grenadier” foi afundado no dia 22 de Maio de 1941 pelo U-103. Os 49 tripulantes sobreviveram ao ataque e foram recolhidos pelo português “Ganda” e pelo espanhol “José Calvo Sotelo”. Ambos aportaram em Freetown.

British Grenadier
(GB)

Capitão: Henry George Jeary
Tipo: Steal Tanker
Tonelagem: 6857 
Proprietário: British Tanker Co. Lda

Porto: London
Construção: UK, 1922
Destino: Afundado pelo U-103 a 22 de maio de 1941. A tripulação de 49 sobreviveu.

Fontes/ Resources:

  • Arquivos:  National Archives UK, Kew (GB);  Arquivo Histórico do MNE (PT); 
  • Sites: uboat.net;
  • Livros & Publicações : Shipping Company Losses of the second World War, Ian M. Malcolm; Navios da Marinha Portuguesa, datas 1939 a 1945; 25 anos ao Serviço da Nação - Companhia Colonial de Navegação;