Queda de Wellington (HX390) mata dois tripulantes

O Sunderland depois de ter amarado perto de Setúbal (Foto: Olinda Couceiro)

O Wellington que amarou perto de Vila do Conde
(Foto: J. Freguesia Vila Chã)

Data

Local

Força

Avião

 

Origem-Destino

 

Tripulação

30-05-1942 

Vila do Conde (no mar)

RAF      1 OADU

Vickers Wellington IC    HX390

 

Portreath (GB) → Egipto

 

P/O   J. P. Anstey                    GB

Sgt    H. Jakson                       GB

Sgt    M. H. Thompson             GB †

Sgt    J. W. Gould                    GB

Sgt    I. Wallace-Cox                GB

Sgt    John Gordon Daniels      GB †




A amaragem aconteceu devido a problemas num dos motores. O avião partiu-se com o impacto na água. Daniels e Thompson morreram e estão enterrados no cemitério de St James do Porto. Gould e Jakson, com lesões diversas, incluindo braços partidos, subiram para uma asa. Anstey e Wallace-Cox conseguiram entrar num bote de borracha.

O incidente foi observado da costa de onde saiu um barco de pescado que conseguiu recolhê-los. Os dois feridos graves foram enviados para o Hospital no Porto. Daniels e Thompson, ambos de 20 anos, estão sepultados no cemitério de St. James no Porto. 

Anstey e Cox foram transferidos para uma unidade militar na Póvoa do Varzim, onde estiveram internados durante três semanas, antes de serem transferidos para as Caldas da Rainha. Ambos regressaram a Inglaterra a 12 de Julho.

Wallace-Cox morreu a 27-07-1943 e está sepultado no Ashbourne Cemetry, no Reino Unido.

Fontes:
*Evade & Escape Report - National Archives/ London Kew
*Mário Canongia Lopes
*Bruno Costa